Músicas

Fale Conosco
A música vem de encontro a sensibilidade da criança tornando-a mais receptiva aos sons. É uma forma de trazer para fora o que já existe dentro dela e ao mesmo tempo desenvolver os diferentes sons e aqueles que a voz humana faz.  Podem se transformar em símbolos registrados em diferentes portadores de comunicação.
 
Das histórias para a consciência fonológica

O entendimento a respeito da consciência fonológica pode se expressar como sendo um conjunto de habilidades que pode se dar pela simples percepção global do tamanho das palavras e das semelhanças fonológicas, entre elas a segmentação e manipulação de sílabas e fonemas/sons e suas representações. Dessa forma é possível entender que a consciência fonológica se refere ao fato de que a fala pode ser fragmentada e que tais fragmentos se juntam e formam fonemas, sílabas, palavras e frases que expressam a comunicação humana.

No intuito de ser eficiente no desenvolvimento da consciência fonológica se fez um caminho natural, que respeita o processo humano de aquisição da fala que começa com o sentido da audição.  A criança ao ouvir desenvolve mecanismos para reproduzir sons que ouve e aos quais dará um significado. Esses sons ouvidos e interpretados serão reproduzidos a partir das condições de aprendizagem daquele que houve.  O ouvinte desenvolve sua própria fala e dela se apropria para comunicar suas necessidades e desejos. Para facilitar a passagem da fala para a leitura uma das estratégias é a contação de histórias relacionadas a descoberta dos sons que a boca é capaz de produzir. Com elas, fazer uma relação sons/letras e instigar o entendimento de que os sons são representados com símbolos criados pelas pessoas.  Tudo isso em um universo que respeita o processo natural de cada criança.  As histórias são produzidas no intuito de aproximar as crianças do universo da escuta, da fala, da leitura e da escrita, posta nessa sequência.
Voltar