Psicologia Escolar

A+ A A-

A psicologia escolar é uma área da Psicologia Aplicada que tem despertado várias reflexões acerca da identidade de seus profissionais, principalmente no tocante à necessidade de se redefinir o papel do psicólogo escolar. Não é papel do psicólogo escolar diagnosticar e curar problemas de aprendizagem relacionados a fatores subjacentes ao indivíduo, desconsiderando questões institucionais, históricas, culturais e sociais. De forma pontual, cabe ao setor da psicologia na escola as seguintes funções:

• Acompanhar e assistir o estudante, individualmente e em grupo, através de técnicas adequadas, visando o desenvolvimento integral e harmônico de sua personalidade;

• Prestar assistência aos estudantes com problemas de conduta e adaptação, ainda que não relacionados com a vida escolar;

• Desenvolver processo de aconselhamento aos estudantes e suas famílias, quando necessário e solicitado;

• Elaborar proposta de trabalho para a sua área específica de atuação e submetê-la a aprovação da diretora;

• Realizar visitas domiciliares, tendo como objetivo o estudo psicossocial das famílias e dos estudantes de forma individualizada ou grupal;

• Organizar e manter atualizados os arquivos com as devidas anotações e relatórios de seu serviço;

• Zelar pelo resguardo da ética profissional na sua área de atuação;

• Participar de reuniões, sempre que necessário e convocado;

• Participar dos Conselhos de Classe.

 

Psicólogo: Sandra Cristina Boufleur